Protestantismo no norte goiano: estudo sobre a viagem de Archibald Macintyre (1920)

Ordália Cristina Gonçalves Araújo

Resumo


Este artigo analisa o relato de viagem de Archibald Macintyre – Descendo o rio Araguaia – redigido quando o mesmo excursiona pelo norte de Goiás em 1920 no intuito de averiguar as possibilidades de implantação do protestantismo por estas regiões, incluindo as sociedades indígenas. Investigar este relato de viagem como uma fonte histórica produzida por um missionário protestante ao projetar seu olhar estrangeiro, eurocentrado e civilizador para o norte goiano na primeira metade do século passado insere-se no contexto historiográfico brasileiro no qual se observa uma tendência crescente do uso deste tipo de material – como fontes documentais e objeto de estudo – em trabalhos acadêmicos cuja diversificação em relação aos enfoques temáticos e às abordagens teóricas resultam numa ampla produção historiográfica. Por outro lado, contribui para as pesquisas sobre a história regional, principalmente aquelas relacionadas ao protestantismo no estado de Goiás.

 


Palavras-chave


Relato de viagem; protestantismo; norte goiano.

Texto completo:

PDF


 

 

 

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia